Impulso News

Por Impulso News

Como preparar sua empresa para disrupções?

#68・
676

assinantes

94

edições

Assine minha lista

By subscribing, you agree with Revue’s Termos de Uso and Política de Privacidade and understand that Impulso News will receive your email address.

Impulso News
Como preparar sua empresa para disrupções?
Por Impulso News • Edição Nº68 • Ver na web
Toda semana, temos uma edição com conteúdos escritos e curados por Sylvestre Mergulhão, Karine Silveira e Rafael Miranda sobre Inovação, Liderança, Transformação Digital e Business Agility. Nessa semana, confira este artigo do nosso CRO Rafael Miranda.

O cenário atual é, para dizer o mínimo, difícil: grande queda das bolsas pelo mundo, demissões em massa nas empresas tech, corte significativo de investimentos de Venture Capital e impactos logísticos e financeiros da guerra na Ucrânia e novos lockdowns pela COVID na China.
Diante disso tudo, perguntaram para mim recentemente: 
Como se preparar para a necessidade de reinventar seu modelo de negócios para um mundo de constante disrupção?
Minha resposta não tem nenhuma fórmula mágica, muito menos algo que possa ser feito do dia para a noite. 
Ela requer tempo, investimento e muita disciplina.
Frente a um cenário de disrupção (que é constante e não apenas momentâneo), considero um bom caminho a empresa ter uma área de Agilidade de Negócio (Business Agility) bem estruturada.
Segundo o Agile Business Consortium, Agilidade de Negócio é a habilidade de uma organização para:
  1. Adaptar-se rapidamente (interna e externamente) às mudanças do mercado;
  2. Responder de forma rápida e flexível às demandas dos clientes;
  3. Liderar mudanças de forma produtiva e econômica, sem comprometer a qualidade;
  4. Manter-se continuamente em vantagem competitiva no mercado.
Na prática, a Agilidade de Negócio preocupa-se com a evolução de valores, comportamentos e competências para que empresas e indivíduos sejam mais adaptáveis, criativos e resilientes ao lidar com a complexidade, incerteza e mudanças, levando-os a um maior bem-estar e melhores resultados.
Do ponto de vista da preparação para uma eventual disrupção, as práticas de agilidade de negócio guiarão a empresa e suas lideranças a nutrir uma cultura que gosto de chamar de Inovação Contínua Sustentável.
Numa organização já estabelecida, é preciso inovar em dois âmbitos: com ideias realmente inovadoras, mas também com ideias que evoluam o que já se faz.
Assim como qualquer carteira de investimento, um portfólio de projetos e iniciativas diversificado, que englobe ambos os tipos de melhoria, provê no longo prazo maiores retornos, de maneira mais segura e sustentável.
O Alex Osterwalder, da Strategyzer e criador desse modelo, destaca que estes dois tipos ou “drivers de inovação” possuem diferentes características e relações de risco vs. retorno. Além disso, elas devem utilizar critérios para análise e decisão de investimento diferentes.
Ele chama o processo de análise de ideias completamente novas de Exploration (foco em Inventar) e o de ideias sobre serviços ou produtos já existentes, de Exploitation (foco em Melhorar).
Sendo assim, novas iniciativas na empresa devem ser originadas e analisadas frente a essas duas óticas e todo o portfólio deve, preferencialmente, priorizar iniciativas de ambos os quadrantes para se manter equilibrado e saudável.
É como fazemos aqui na Impulso.
Ainda sem um rigor processual muito grande quanto ao balanceamento das iniciativas, mas estamos aprendendo e chegaremos lá!
Fazendo tudo isso 😅, considero que as empresas e suas lideranças estarão um pouco mais preparadas para lidar com os riscos inerentes desse mundo volátil, incerto, complexo e ambíguo em que vivemos.
E sua empresa? Possui uma área responsável por implementar algumas dessas práticas?
Um grande abraço!
Felicidade imperfeita, mas real | Você RH
The Right Way to Respond to Negative Feedback
Rafael Miranda no LinkedIn: post viral
“Deixar os conflitos virem à tona e lidar com eles de forma mais compassiva, em vez de evitar temas espinhosos com uma positividade artificial, pode ser o que falta para fortalecer a autoconfiança dos colaboradores e criar o caminho mais sólido para uma felicidade imperfeita, mas real.”
Fábio Rosé
Curtiu essa edição?
Impulso News

Conteúdos sobre Inovação, Liderança, Transformação Digital e Business Agility, escritos e selecionados especialmente pelas lideranças da Impulso.

Para cancelar sua inscrição, clique aqui.
Se você recebeu essa newsletter de alguém e curtiu, você pode assinar aqui.
Curadoria cuidadosa de Impulso News via Revue.
Rua da Glória, 190, Sala 1002, Rio de Janeiro, RJ