Ver perfil

Porque me senti um completo charlatão

Impulso News
Porque me senti um completo charlatão
Por Impulso News • Edição Nº33 • Ver na web
Toda semana, temos uma edição com conteúdos escritos e curados por Sylvestre Mergulhão, Karine Silveira e Rafael Miranda sobre Inovação, Liderança, Transformação Digital e Business Agility. Nessa semana, confira este artigo do nosso CRO Rafael Miranda.

Aqui vai um longo desabafo sobre uma situação recente pela qual passei como líder e gestor.
Eu falo muito sobre como ser um líder e pessoa gestora melhor aqui na news, no LinkedIn, em artigos do meu blog e em conversas e mentorias com outras lideranças.
Já falei sobre como a escuta ativa (de verdade) é chave para reduzir o turnover e como desenvolver sensibilidade como líder nos ajuda a tomarmos melhores decisões.
E, principalmente, falo muito sobre como engajar as pessoas que lideramos nesse mundo remoto, de forma humana e autêntica, nas pequenas ações do nosso dia a dia.
Mas, recentemente, eu não pratiquei NADA disso que falo. E, em uma “pequena” atitude, joguei tudo por terra. 😔
Há algumas semanas, estávamos com todos os meus times presentes num evento que chamamos de Afiando o Machado 🪓. 
É um momento semanal para praticarmos alguma técnica do nosso trabalho, realizarmos algum treinamento de processos, discutirmos situações de problema e como resolvê-las ou esclarecer dúvidas recorrentes.
Ou seja, é um momento para apurarmos nossas skills, em conjunto.
Neste dia estávamos fazendo um role play, que é um treino simulando uma situação real. Em determinado momento, uma das pessoas fez uma sugestão para melhorar a dinâmica e eu fui um completo babaca…
…e a cortei de forma super ríspida: “Não, não, não! Vamos continuar como está e pronto.” 
Durou apenas alguns segundos, mas dado o momento no qual estávamos, os valores que defendo, meu tom de voz e o contexto da pessoa na empresa, o peso das minhas palavras foi muito, muito grande. 
Eu poderia tentar explicar o que pode ter me levado a esta atitude, mas a realidade é que eu errei. Ponto final. 
Como líder e gestor, é minha responsabilidade nutrir um ambiente em que todos possam ser ouvidos e colaborar. Um ambiente que faça florescer os melhores resultados de todos.
E não foi o que fiz. ☹️
Ao final da reunião, pedi desculpas para todos e, em seguida, também conversei individualmente com a pessoa. 
Agora está tudo bem, mas foram dias me sentindo um impostor completo…
Alguns dias a gente acerta, em vários outros, a gente erra. O importante é reconhecer, aprender com isso e seguir em frente. 🤞
Livro Masters of Scale
Leaving A Planet In Crisis: Here’s Why Many Say The Billionaire Space Race Is A Terrible Idea
Codecon Digital | 25 de setembro de 2021
Algum dia em qualquer parte, em qualquer lugar indefectivelmente te encontrarás a ti mesmo, e essa, só essa, pode ser a mais feliz ou a mais amarga de tuas horas.
Pablo Neruda
Curtiu essa edição?
Impulso News

Conteúdos sobre Inovação, Liderança, Transformação Digital e Business Agility, escritos e selecionados especialmente por Sylvestre Mergulhão, Karine Silveira e Rafael Miranda.

Para cancelar sua inscrição, clique aqui.
Se você recebeu essa newsletter de alguém e curtiu, você pode assinar aqui.
Curadoria cuidadosa de Impulso News via Revue.
Rua da Glória, 190, Sala 1002, Rio de Janeiro, RJ